quinta-feira, 5 de março de 2015

Materiais sobre Meio Ambiente

DRAMATIZAÇÃO: O CICLO DA ÁGUA
PERSONAGENS: Vários alunos.
DESENVOLVIMENTO
1ª Personagem — Uma menina representando a Água
FALA:
— Há, como é triste ser Água...!— Fui feita para matar a sede, limpar, lavar, repor energia, dar vida!
— Vejam como estou agora:
* Fraca, cada vez mais poluída, indefesa.— Não sei o que fazer!
2 ª Personagem – Um menino, representando um Ecologista
FALA:
— É amiga Água , tenho brigado muito para te defender, mas são poucos os que me escutam.
Alguns homens se reúnem, discutem, falam em te proteger, que estão preocupados em evitar que te maltratem tanto, que acabes sumindo da terra, mas são muitos, os que não estão, nem ai para você.
— Não fique triste minha amiga, eu vou continuar lutando para despertar nos homens, a consciência pela tua importância. Mostrar para eles que sem você é impossível a vida na terra, para qualquer ser vivo.
3ª Personagem – (Menino ou menina) O Sol
FALA:
— É, eu estou decepcionado com a humanidade.
— Agora, com a escassez de água, tenho que aumentar o meu calor.
— Não consigo me controlar.— Estou fazendo mal a terra, sem querer.
2ª FALA DA ÁGUA
— Vejam meus amigos, já não consigo nem se quer seguir meu ciclo normalmente, pois falta EU, a água, muitas vezes...
— Eu tenho que estar nos corpos para sair no suor.
-- Eu tenho que esta nas plantas e nos animais, para sair em vapor
-- Tenho subir para a atmosfera, ser aquecida pelo meu amigo SOL, virar nuvens fofinhas.
--Tenho que ficar geladinha, pesada, tão pesada que desço de lá como chuva, há como é gostosa essa brincadeira, trás vida e felicidade aos seres vivos.
— Por favor!!! Cuidem de mim, eu não quero acabar, e chora.
    RETORNAM  AO PALCO: O SOL, ECOLOGISTAS E OUTROS PERSONAGENS.
Ao redor da água, começam a cantar: A Água é minha amiga  /Com ela posso contar /Pra lavar e tomar banho E minha sede matar/Vamos todos protegê-la/E a natureza preservar
Resgatar suas nascentes/Para ela não faltar/Não fique triste amiga Água
De você vamos cuidar/Conscientizar a humanidade/Para vida que nos dshttp://meustrabalhospedagogicos.blogspot.com.br



 O MEIO AMBIENTE                                  
Introdução
Sabemos que o meio ambiente é formado por quatro elementos fundamentais à vida, e que estes elementos, estão interligados entre si e o próprio homem. Esses elementos são a água, o ar, o solo e o fogo.Estes elementos formam a natureza e tudo o que nela existe. O que será que estamos fazendo com estes quatro elementos? (Pausa: Entrada das 03 crianças)Depois da cena volta a apresentadora. Se estes elementos pudessem falar, o que diriam?
DESENVOLVIMENTO
Irmã Água, o que tens a nos dizer? Entra a água: E o irmão Solo, o que nos diz? Fale conosco, irmão Sol! E o nosso irmão Fogo, o que pensa de tudo isso? O primeiro personagem. Joga lixo na água.
Fala da 1a personagem:
Agora vejam, a professora diz que devemos preservar, manter o solo, a água e o ar limpos e protegidos.
2a joga produtos químicos no ar.Fala do 2° personagem:
Não sei para que tanta frescura ! Jogar lixo aqui, proteger ali. Isso tudo nunca vai acabar mesmo ! Para que perder tempo ! 3a com uma serra na mão, enxada e uma foice.
Fala do 3° personagem:
E mesmo ! Não to nem ai para toda essa bobeira.
Nos perdoe mãe natureza ! Prometemos, amá-la, respeitá-la de hoje em diante para sempre.
1º Personagem:
A AGUA
Ai de mim !! Ai de mim!!Eu sou a água. Estou ficando cada dia mais suja e poluída. Já não consigo mais nascer em belas fontes e riachos como antigamente. Eu que sonhava servir ao homem até o fim de meus dias, sempre pura e cristalina.Ai de mim, ai de mim!!!
2° Personagem
O SOLO
Não chores amiga e irmã água! Olha o que fazem comigo! Me sujam, me arrancam partes
Me desmatam sem piedade. Logo eu, que só quero dar segurança, tranquilidade e prover alimentos ao homem.
3° Personagem
O AR
O ar entra em cena sufocado, tossindo e se abanando. Não aguento mais! Estou só! Cadê as plantas que me purifica, cadê as algas verdes que tanto preciso para ser puro! Cadê a consciência do homem que precisa de mim para viver. Não aguento mais! estou só! Só há gases tóxicos, só há fumaça pesada. Já não sei o que o que fazer. Vou fugir desse planeta, eles querem acabar comigo.
4° Personagem
O FOGO
Ora, ora viva! Vocês estão tristes! Eu nunca estive tão feliz! Em parceria com a ignorância, estupidez e insensibilidade do homem, estou chegando onde quero. Vou secar toda essa água com meu calor, destruir o solo com a derrubada de árvores e as queimadas poluir o ar até não haver mais oxigênio. Aí, tudo voltará a ser como era no início do mundo sem todas essas bobeiras, eu sou o maior, eu sou o fogo!
5° Personagem
A NATUREZA
Alto lá, senhor fogo! Você está esquecendo que eu, vocês e o homem somos partes de um mesmo universo.
Não se desesperem meus filhos! Precisamos resistir e provar ao homem que sem nós ele não vive.
FINAL
Após o desenrolar do teatrinho os 03 personagens iniciais ficam tristes e falam:
Nos perdoe mãe natureza ! Prometemos, amá-la, respeitá-la de hoje em diante para sempre.



Os 4 elementos da Natureza
Um dia neste Planeta encontraram-se os 4 elementos da Natureza: A Terra, o Ar, a Água e o Fogo. Cada um deles achava que era mais importante do que os outros e começou a discussão…
A Terra achava que sem ela nada existiria, pois não haveria um sítio para viver; também não haveria o que comer, pois nela se produzem os alimentos e ninguém poderia passear nos jardins, pois estes também crescem sobre terra. Não haveria automóveis, nem comboios e outros meios de transporte que se deslocam pelo chão…
O Ar não quis ficar atrás… começou por dizer que o mais importante era ele pois, se não existisse, ninguém conseguiria respirar e assim não haveria Vida. Também não haveria vento, nem sequer uma brisa suave para arrefecer quando está muito calor… ou para gerar energia eléctrica, quando é forte e poderoso. E os aviões? Como poderiam voar sem ar?
De seguida falou a Água: Eu é que sou a mais forte de todas! Sem mim não há rios, nem mares e as torneiras ficam secas. Sem água não há vida… não se pode beber, lavar, nem tomar banho, nadar. Não haveria peixes, nem barcos, nem submarinos…
Por fim, o Fogo tomou a palavra e disse: O mais poderoso de todos sou eu! Eu aqueço quem tem frio, cozinho os alimentos para as pessoas comerem mas, quando me zango, ateio incêndios que queimam terras, casas, árvores e carros, saio em forma de lava dos vulcões e destruo tudo à minha passagem!
Nenhum dos 4 elementos aceitava que os outros poderiam ser mais fortes e importantes… E então o Planeta falou: nenhum de vós é maior do que os outros. Todos são necessários à vida das pessoas e da Natureza.
A paz chegou então a este Planeta e, a partir daí, os 4 elementos da Natureza compreenderam que eram essenciais e que todos contribuem para a vida das pessoas, das plantas e dos animais. FIM


TEATRO - AQUECIMENTO GLOBAL
"SOB O OLHAR VERDE DA CORUJA"
Leia o enredo da peça e dê a sua opinião sobre a mensagem que eles passaram:
(Narrador) No meio da Floresta, massssssssss bem no meio da floresta está acontecendo uma reunião. Vieram para fazer parte: o Sol, a Chuva e o Vento. Para dar início o Astro Rei falou:
(Sol) Amigos! Venho trazer até vocês uma grande preocupação. Os seres humanos estão destruindo o Planeta. A cada dia sinto-me mais aceso, mais quente, não há mais proteção na atmosfera e os raios ultravioletas? Quantas queimadas... Plantas ressecadas. Que calor? Há até câncer de pele?
(Chuva) E eu!Já não sei mais o que fazer. Antes fazia parte de um ciclo, tudo certinho. As quatro estações eram normais, muitos gostavam da chuva até para tirar um soninho...
(Sol) É mesmo! Tenho visto o que tens aprontado. São enchentes por todos os lados, casas desabando, pessoas ficando sem moradia.
(Vento) Tudo culpa do homem! Destroem a natureza, matam os animais... Isso sem falar no lixo! Que nojo! Tudo misturado, não reciclam, não economizam...Olha só eu! Já virei tornado, furacão, ciclone, já me chamaram de Tsunami, até de Catarina? E nada, parece que não aprendem?(Narrador) Desanimados, reclamaram, reclamaram e não chegaram a nenhuma solução... Sentaram no chão e começaram a olhar um para o outro...Quando... De repente! Apareceu uma coruja e, olhando para eles disse:(Coruja) Por que vocês não criam uma escola para ensinar os Seres Humanos?
(Chuva) ___É mesmo! Boa ideia! Eles serão nossos alunos! Vamos chamá-los... Venham, Venham!
(Narrador) Assim... Montaram uma pequena sala de aula. Pegaram um quadro e colavam frases dizendo:
(Narrador) – Não Polua!
(Sol) – Recicle!(Coruja) - Verde é Saúde!
(Chuva) - Cuide do Verde!(Vento) – Verde é Vida!
(Narrador) E juntos em coro com a Dona Coruja pediram aos Seres Humanos:
(Todos) ___SALVEM, SALVEM O PLANETA! A NATUREZA PRECISA SER AMADA E RESPEITADA!

 TEATRO: O JULGAMENTO DA NATUREZA

Sabemos que o meio ambiente é formado por quatro elementos fundamentais á vida, e que estes elementos estão interligados entre si e o próprio homem. Esses elementos são a água, o Ar, o solo e o fogo. Esses elementos formam a natureza e tudo o que nela existe. O que será que estamos fazendo com esses quatro elementos? (Pausa, entrada dos quatro elementos) Com a palavra à apresentadora, agora ela pergunta: Se estes elementos pudessem falar o que  eles diriam?
DESENVOLVIMENTO DA PEÇA TEATRAL 1ª PERSONAGEM A ÁGUA
Irmã Água, o que tens a nos dizer? Entra a água e diz: Ai de mim! Ai de mim! Eu sou a Água. Estou ficando cada vez mais suja poluída, os peixes todos sumiram ninguém me respeita mais, todos acham que sou esgoto, jogam tudo quanto é lixo em mim, já não suporto mais, socorro me ajude! Logo eu, que sonhava servir o homem, sempre limpa e cristalina, já não consigo mais nascer em belas fontes e cachoeiras! O homem é responsável pela minha destruição, não fiquem de braços cruzados, esperando pelo meu fim, façam alguma coisa enquanto ainda a tempo se eu morrer, não morrerá sozinho, mais todos vocês morrerão também, porque sem mim vocês não podem viver.
 2 ª PERSONAGEM O SOLO Não chores amiga e irmã, água! Olha o que fazem comigo! Sujam-me, me arrancam partes, Desmatam-me sem piedade. Logo eu, que só quero dar segurança, tranquilidade e prover alimentos ao homem Jogam-me pesticida, meu solo esta cansada e maltratado pelas ações dos homens, que só pensam neles. 
3ª PERSONAGEM O AR O Ar entra em cena sufocada tossindo muito e diz: Não aguento mais! Estou só! Cadê as plantas que me purificam? , cadê as algas verdes que tanto preciso para ser puro? Onde está a consciência do homem que precisa de mim para viver? Não aguento mais, estou só, á fumaça pesada, poluição tóxicas, não consigo circular livremente como antigamente, vou fugir desse planeta, vocês querem acabar comigo, mais se vocês conseguirem isso pode ter certeza que todos irão juntos, vocês não conseguiriam viver nem cinco minutos sem ar, seria o fim, de todos, não estão vendo quantas pessoas estão morrendo devido à poluição? 
4ª PERSONAGEM O FOGO Ora, viva! Vocês estão tristes; pois eu nunca estive tão alegre e feliz! Com a ajuda dos homens, eu estou conseguindo o que sempre quis. Vou secar toda a água, com meu calor destruirei todo o solo com as queimadas das árvores e poluirei todo o ar, até matar todos, por falta de oxigênio! Aí tudo será como no início do mundo, sem vida, e na mais completa escuridão! Fiquem sabendo que eu sou o fogo! Posso destruir tudo num piscar de olhos seus humanos insensatos. 
5ª PERSONAGEM A NATUREZA.
Alto lá senhor fogo! Você por um acaso está esquecendo quem sou eu? Você e o homem são partes de um mesmo universo. Não se desesperem meus filhos. Precisamos resistir e provar ao homem que sem nós ele não vive.
6ª PERSONAGEM
OS três RS Ainda temos uma chance de virar o jogo, somos os 3rs. Vamos usar nossa Consciência e Criatividade Reaproveitar é uma questão de consciência e criatividade. Reutilizar é uma forma de evitar que se descarte o que não é lixo. Além disso, a Reutilização, a Restauração e a Reforma dos mais variados objetos, são atividades que podem ajudar muita gente que precisa de dinheiro para sobreviver. Antes de jogar objetos no lixo, pensem, será que isto poderia servir para outra pessoa. Doar também é uma virtude, não seja egoísta.
7 PERSONAGEM O SOL Advogada de defesa 8ª PERSONAGEM O JUIZ. Final da PEÇA: Todos os bichos, natureza, e demais participantes fazem o juramento. Perdoe-me mãe natureza, prometemos de hoje em diante, amá-la, respeitá-la, e cuidar de ti com todo o meu carinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário